InovMilho - Dia de Campo de 2021

07.10.2021

​​A DRAPLVT acompanhou no passado dia 28 de setembro, o tradicional Dia de Campo, promovido pelo Centro Nacional de Competências das Culturas do Milho e Sorgo "InovMilho", que se realizou na Estação Experimental António Teixeira, em Coruche, sendo que este dia constitui uma referência no panorama agrícola nacional, revelando-se uma iniciativa fundamental para a criação de sinergias entre o meio científico-académico, o setor produtivo nacional e as indústrias de apoio. Esta visita contou com a presença do Diretor Regional Adjunto, Rui Hipólito, da Diretora de Serviços de Desenvolvimento Agroalimentar e Rural, Ana Arsénio, da Chefe de Divisão de Agricultura, Alimentação e Desenvolvimento Rural, Eufémia Capucho e do Delegado Regional do Ribatejo, Luís Filipe Sousa.​

1.png

​​O Centro de Competências, foi constituído em 2016 e resulta de uma iniciativa da ANPROMIS (Associação Nacional dos Produtores de Milho e Sorgo), em colaboração com o INIAV (Instituto Nacional de Investigação Agrária e Veterinária) e a Câmara Municipal de Coruche, reunindo no seu seio 33 entidades parceiras. Tem como objetivo o desenvolvimento da fileira nacional do milho, congregando os esforços dos produtores de milho, da indústria, do poder local e do sistema técnico-científico, assumindo um papel preponderante na disseminação de conhecimento, nomeadamente, através da organização de dias de campo e ações de formação.

Figura 1 nova.jpg

Fonte: Notícias do Sorraia: https://noticiasdosorraia.sapo.pt/produtores-de-milho-de-portugal-concentraram-se-em-coruche-que-tem-condicoes-ideais-para-promover-o-sector-com-fotos/?fbclid=IwAR0Jc-hYw5K-3bJS7gBo2_LCHGv9rF7xxH4TwbX7hO_bwfbEwhFRjuWqEL0

Figura 1 – Intervenção da ANPROMIS e do INIAV.​


​​O INOVMilho - Centro Nacional de Competências das Culturas do Milho e Sorgo reúne os esforços para alavancar o desenvolvimento da fileira nacional do milho, sendo que é urgente e prioritário, devido à crise que se vive no sector dos cereais, pôr em prática as medidas estruturantes previstas na Estratégia Nacional da Promoção da Produção de Cereais, que integra um conjunto de 17 medidas prioritárias e ações concretas para que Portugal consiga, até 2022, um grau de autoaprovisionamento em cereais de 38%, que no caso da cultura do milho deverá ser de 50%.

Figura 2 Nova.jpg

Fonte: Notícias do Sorraia: https://noticiasdosorraia.sapo.pt/produtores-de-milho-de-portugal-concentraram-se-em-coruche-que-tem-condicoes-ideais-para-promover-o-sector-com-fotos/?fbclid=IwAR0Jc-hYw5K-3bJS7gBo2_LCHGv9rF7xxH4TwbX7hO_bwfbEwhFRjuWqEL0

Figura 2 – Aspeto durante o a visita aos ensais de campo.


Durante a visita aos ensaios de campo, as empresas e a comunidade científica e académica deram a conhecer técnicas e tecnologias inovadoras que potenciam a produtividade e a sustentabilidade da cultura do milho em Portugal, sendo que foram também convidadas as principais Instituições de Ensino Agrário, com o intuito de fomentar uma troca de experiências e sinergias entre o meio académico e o sector produtivo nacional, com vista a formar técnicos agrícolas mais adaptados às necessidades do mercado de trabalho.​